A África, poucas informações e muito medo em potencial (1/7)

Neste continente estima-se que 75% da população não tem acesso às águas para lavar as mãos, principal medida para evitar a contaminação com o COVID-19.

Não são garantidos os números oficiais de poucos casos, principalmente dada a dificuldade de controle dos processos de saúde locais. É a grande incógnita e em muitos dos cenários possíveis o continente mais vulnerável.

O continente africano receberá investimentos das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de minimizar as deficiências na proteção contra a pandemia, com ações como a instalação de estações para lavar as mãos em assentamentos e intensificação dos incrementos nos esforços de distribuição de alimentos e equipamentos de saúde básicos.

Veja mais

https://www.aa.com.tr/en/africa/analysis-covid-19-pandemic-great-danger-awaits-africa/1789840

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dinheiro e investimento responsável no Fórum de Genebra 2020 (5/10)

A América do Norte, muito sofrimento nos EUA e Canadá (2/7)